ESAC: estudar (n)a Natureza com as tecnologias do futuro

A Escola Superior Agr√°ria de Coimbra (ESAC) acaba de perfazer 137 anos, mas √© uma institui√ß√£o de ensino superior sempre em renova√ß√£o e atenta em adaptar as suas forma√ß√Ķes √†s atuais necessidades e exig√™ncias da sociedade e do mercado de trabalho.

Texto: Rui Amaro, Presidente da Escola Superior Agr√°ria de Coimbra

Uma evid√™ncia da import√Ęncia dessa adapta√ß√£o √© a aposta, j√° para o ano letivo de 2024/2025, em duas novas Licenciaturas: Agronomia e Zootecnia, que visam a promo√ß√£o de um ensino atualizado, com base em tecnologias espec√≠ficas e na digitaliza√ß√£o, tamb√©m com o objetivo de refor√ßar o interesse dos jovens pelas √°reas das ci√™ncias agr√°rias.

A ESAC oferece outras licenciaturas em que assume particular relev√Ęncia a n√≠vel nacional, como sejam as Ci√™ncias Florestais e Recursos Naturais e a Tecnologia Alimentar, mas tamb√©m em √°reas mais recentemente reconhecidas: a Tecnologia e Gest√£o Ambiental, a Biotecnologia, o Turismo em Espa√ßos Rurais e Naturais e a Enfermagem Veterin√°ria. Na Agr√°ria de Coimbra s√£o ainda lecionados Mestrados, P√≥s-gradua√ß√Ķes e Cursos T√©cnicos Superiores Profissionais (CTeSP) em todas as √°reas anteriormente referidas destacando-se, pela especificidade, o curso em Maneio de Equinos, Equita√ß√£o Terap√™utica e de Lazer.

Todas as forma√ß√Ķes integram as v√°rias vertentes da sustentabilidade e o respeito pela Natureza e pelo ambiente, sendo uma realidade a transversalidade de conhecimentos que integram e a possibilidade de os estudantes usufru√≠rem de um espa√ßo biodiverso e com m√ļltiplas atividades, que funciona como laborat√≥rio vivo para todas as √°reas de forma√ß√£o. Por outro lado, a tecnologia e automa√ß√£o assumem crescente relev√Ęncia nos planos de estudo das diferentes forma√ß√Ķes, pois as componentes letivas n√£o podem dispensar o recurso a maquinaria atual e espec√≠fica, bem como a equipamentos de ponta, software e simuladores, colocando os estudantes a par das tecnologias mais avan√ßadas.

Para além da componente letiva, a Agrária de Coimbra diferencia-se por uma robusta atividade ao nível da investigação científica, que os alunos integram desde o início do seu percurso escolar. Esta vertente foi recentemente evidenciada pelo facto de a ESAC liderar o consórcio, que inclui outras três escolas agrárias de politécnicos distintos, que submeteu à A3ES a proposta de Doutoramento em Sustentabilidade Agroalimentar e Ambiental, em fase final de apreciação.

√Č fundamental destacar ainda a presta√ß√£o de servi√ßos da ESAC √† Comunidade e que inclui trabalhos de consultoria t√©cnica e cient√≠fica em diversas √°reas, ensaios espec√≠ficos para testagem de produtos ou variedades, aluguer de espa√ßos, maneio reprodutivo de equinos, realiza√ß√£o de an√°lises laboratoriais em diferentes √°reas e produtos, cursos de forma√ß√£o, atividades na escola de ver√£o, etc..

A t√≠tulo de convite, numa breve visita √† ESAC pode disfrutar de um campus √≠mpar junto √† cidade de Coimbra, participar numa aula de equita√ß√£o no seu picadeiro centen√°rio e, por fim, adquirir produtos pr√≥prios, com certifica√ß√£o biol√≥gica ou convencionais, √† venda na Loja da Agr√°ria aberta ao p√ļblico.

Nota: artigo publicado na edi√ß√£o n.¬ļ 138 da Revista ‚ÄėJovens Agricultores‚Äô, da¬†AJAP. A sua reprodu√ß√£o, parcial ou na √≠ntegra, requer autoriza√ß√£o pr√©via da AJAP.